EVANGELIZAÇÃO NOS HOSPITAIS - MISSÃO PARA QUEM QUER SER ATALAIA DO SENHOR.

O trabalho de evangelização nos hospitais, mais particularmente na Fundação Hospitalar de Rio Branco-Acre é resultado de uma visão de Deus quando estive hospitalizado, onde através de um sonho um homem vestido todo de branco disse-me: "Se queres viver vai cuidar dos meus doentes". Reparti esse sonho e gradativamente o Senhor tocou no coração de algumas pessoas que têm uma vida voltada para o Senhor que se dispuseram a formar uma Equipe de Evangelização. Atualmente integram também a equipe: Bernadete, Jozi e Socorro (Missão Batista para os Povos) e Raimunda (Assembléia de Deus). Eu atualmente sou membro da Igreja Metodista Wesleyana Jardim Brasil de Rio Branco-Acre.


O nosso trabalho consiste primeiro na participação das atividades regulares da igreja e ainda reuniões específicas do ministério para oração e estudos direcionados à cura divina, libertação e salvação tendo como foco os doentes e acompanhantes, enfermeiros(as) que serão visitados nos hospitais.

No hospital, antes de nossa entrada, oramos agradecendo ao Senhor por termos sido chamados para fazer a sua obra nos hospitais e para que ele esteja na direção de todo o trabalho e ainda que nos dê toda a proteção, discernimento, unção, autoridade e poder para fazermos tão importante trabalho. Visitamos os doentes internados em qualquer enfermaria, todavia o chamado de Deus nos direcionou para as enfermarias de tratamento do câncer e enfermaria de infectologia onde são tratadas doenças muito graves como: aids, meningite, hepatite, cirrose hepática, tuberculose entre outras.

Além de levar a palavra de Deus para conhecimento da verdade que liberta, a equipe tem como alvo principal colocar em prática o ministério tríplice de Jesus, ensinando sobre as escrituras, pregando o evangelho do Reino, curando os enfermos e expulsando demônios, tendo como alvo principal a salvação, considerando que, através desta vem a libertação e a cura em NOME DE JESUS.

Dentro desse trabalho a equipe tem procurado ajudar pacientes dos municípios que tem apresentado dificuldades, fornecendo roupas, material de limpeza e de higiene pessoal quando é necessário.

Alguns dos doentes que recebem nossa visita no hospital têm convidado a equipe para fazer orações e levar a Palavra em suas casas e a equipe tem realizado tais reuniões.

Para participar desse ministério requer uma disposição grande de priorizar a obra de Deus em detrimento de qualquer outra atividade em sua vida, devendo ter consciência de que em Mateus 6:33 diz: Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça e todas as demais coisas vos serão acrescentadas.

Somos Atalaias do Senhor e não queremos responder pelo sangue de nenhuma pessoa por não termos tocado a trombeta (Palavra) ao vir a espada do inimigo (Ezequiel 33). Por isso, a necessidade de não faltar ao chamado do Senhor por qualquer motivo, que não se justifique.

Inicialmente os que se dispuserem a fazer a obra nesse ministério deverão participar das atividades da igreja, além da reunião específica da equipe na qual realizamos estudos sobre cura, libertação e salvação e princípios de evangelização que é realizada todo sábado às 19 horas na residência do líder ou de qualquer integrante da equipe em forma de revezamento. Somente após participar de pelo menos um mês das reuniões é que o(a) novo(a) integrante estará liberado(a) para iniciar as visitas ao hospital. Este período inclui estudos de capacitação sobre os temas básicos necessários à visita aos hospitais, tais como: capelania, cura, libertação e salvação.

Finalmente consideramos esse trabalho um gesto de amor ao próximo, que tem se constituído em prioridade em nossas vidas e que se torna gratificante quando contemplamos as curas que Jesus tem operado naquele lugar, o sorriso e a restauração da fé e da esperança demonstrada pelo sorriso e alegria revelada em cada face dos doentes, muitas vezes sofridos, quando deixamos àquelas enfermarias.


Somos gratos e agradecemos ao Senhor por ter-nos dado essa oportunidade de fazer a sua obra e não nos deixar desanimar jamais. Já completamos 11 (onze) anos fazendo este trabalho ordenado pelo Senhor. Toda a honra, todo o poder, todo o louvor e toda a glória é para o Senhor JESUS.




José Ribamar Silva.

Líder da Equipe.

domingo, 29 de janeiro de 2017

AS TEMPESTADES EM NOSSAS VIDAS NÃO PODEM NAUFRAGAR NOSSO BARCO.

1) MATEUS 14:22-33

  22 E logo ordenou Jesus que os seus discípulos entrassem no barco, e fossem adiante para o outro lado, enquanto despedia a multidão.
23 E, despedida a multidão, subiu ao monte para orar, à parte. E, chegada já a tarde, estava ali só.
    É necessário termos momentos de intimidade a sós com o Senhor. É hora de rasgarmos o nosso coração e não as vestes. É hora de sinceridade, verdade, arrependimento e perdão. Orar é falar com Deus abrindo o nosso coração sem esconder nada.
24 E o barco estava já no meio do mar, açoitado pelas ondas; porque o vento era contrário;
    Barco é a nossa vida física e spiritual e o vento contrário são as tribulações, lutas, as aflições que todos nós passamos nesta vida.
25 Mas, à quarta vigília da noite, dirigiu-se Jesus para eles, andando por cima do mar.
    O Senhor contempla tudo que pensamos, fazemos, passamos, nossas atitudes e consequências. Ele não nos obriga, mas nos convida a segui-lo e diz Todo aquele que quiser vir após mim, renuncie a si mesmo, tome diariamente a sua cruz e siga-me    (Lucas 9:23). O livre arbítrio é nosso! E disse ainda: E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim (Mateus 10:38).
26 E os discípulos, vendo-o andando sobre o mar, assustaram-se, dizendo: É um fantasma. E gritaram com medo.
    Os discípulos andavam com Jesus, mas eles não conheciam o seu poder. Assim são algumas pessoas que estão dentro das igrejas, não conhecem e nem experimentaram o poder de Deus. Falta fé (crer no impossível), oração, intimidade e fidelidade para colocá-lo em primeiro lugar em suas vidas
27 Jesus, porém, lhes falou logo, dizendo: Tende bom ânimo, sou eu, não temais.
   Se estivermos andando com Jesus ele se apresenta para nos socorrer diante de cada tribulação. Não precisamos entrar em desespero, pois se verdadeiramente confiarmos, Ele estará no controle.
28 E respondeu-lhe Pedro, e disse: Senhor, se és tu, manda-me ir ter contigo por cima das águas.
    Pedro mesmo andando com Jesus duvidou que Ele pudesse andar sobre as águas, mesmo depois de presenciar tantos milagres. Somos assim também, esquecemos os livramentos e vitórias já conquistadas através do sangue de Jesus na cruz. 
29 E ele disse: Vem. e Pedro, descendo do barco, andou sobre as águas para ir ter com Jesus.
    Jesus disse vem, caminha sobre as águas. Vem até mim, tem essa experiência ímpar.



30 Mas, sentindo o vento forte, teve medo; e, começando a ir para o fundo, clamou, dizendo: Senhor, salva-me!
    Pedro desceu do barco sem a fé espiritual de que poderia nadar sobre as águas. Enquanto ele olhava pra Jesus, ele caminhou sobre as águas. Mas logo se levantou mais ainda os ventos contrários (tempestade) e Pedro teve medo e olhando para a tempestade começou a afundar. Onde estão nossos olhos em Cristo ou nas circunstâncias? Nos sintomas das doenças ou contemplando a cura? Se os nossos olhos estiverem sempre nas circunstâncias (lutas, tribulações, perseguições...) estaremos louvando a satanás, mas se crermos que Jesus Cristo é poderoso o suficiente para transformar todas as tempestades em bonanças você poderá até perder algumas batalhas, mas jamais perderá a guerra, Jesus Cristo é o Médico dos médicos. O Senhor te diz nesta tarde: “Não temas, pois estou contigo, Não te deixarei nem te desampararei. Mesmo que andes pelo vale da sombra da morte, contigo estarei. Adore ao Senhor e agradeça por todas as coisas que ele já fez em sua vida e que vai fazer
31 E logo Jesus, estendendo a mão, segurou-o, e disse-lhe: Homem de pouca fé, por que duvidaste?
Mesmo quando nossa fé comece a fraquejar, devemos logo buscar ao Senhor e ele responderá, porém não duvides, creia e tenha uma experiência sobrenatural com Deus, sabendo que sua resposta só pode ser sim, não ou espere.
 32 E, quando subiram para o barco, acalmou o vento.
      Tenha convicção deque se você deixou ou vir a deixar Jesus entrar no seu barco (sua vida), ele acalmará todas as tempestades e todos nós seremos mais que vencedores, em Cristo Jesus. Não deixe o desespero e a depressão destrói sua fé. A murmuração é o louvor que agrada satanás e abre legalidade para ele agir em nossas vida (matar, roubar e destruir).   No meio da tempestade, quando você não tem mais forças ou recursos para resolver tal situação o Senhor se levanta e apazigua a tempestade que está na tua vida (barco) e segue-se a bonança
     
 33 Então aproximaram-se os que estavam no barco, e adoraram-no, dizendo: És verdadeiramente o Filho de Deus.
          O Senhor está atrás de verdadeiros adoradores que o adorem em espírito e em verdade. Seja grato ao Senhor até pelo ar que você respira. Na UTI é pago alto preço pelo oxigênio utilizado na respiração artificial, o Senhor nos dá de graça. Só isso já seria motivo para agradecer, mas tem mais motivos: Ele levou na cruz os nossos pecados, nossas dores, enfermidades, restaurou nossa comunicação com Deus (aliança) e pelas suas pisaduras fomos sarados. A questão é APENAS CRER.
.

Ler: Eclesiastes 5:4-5; II Crônicas 7:14-15; I João 1: 9-10; Mateus 10:32-33;                        Romanos 10:9; 

Nenhum comentário:

Postar um comentário